Depoimentos

“O que me vem de interesse nas fotografias que Diego Lucena apresenta são, no mínimo, a tentativa de busca de sentido no barulho e na distração ao nosso redor. Uma compreensão que, aparte nossa condição urbana de constante isolamento, deriva de elementos bastante racionais em suas imagens: um certo padrão explorado e capturado em um instante; uma construção imagética que revela a plasticidade de uma ação; rostos, corpos, cenários e objetos que passam a admitir uma existência maior do que aquela revelada. Diego nos aproxima de suas personagens e de seus espaços — o que, a mim, é bastante.” — Jorge Adeodato é professor de Letras/Inglês da UVA e Mestrando em Tradução na Universidade Federal do Ceará, escritor e tradutor.

Ensaios

“As fotos que fiz com o Diego tem um grande valor sentimental pra mim. Elas fizeram eu me enxergar com mais amor próprio. Além de serem lindas, elas têm um olhar delicado e único.” — Amanda Pereira é designer de moda.

“O Diego tem um olhar sensível e um jeito de ver o mundo sempre em preto e branco. Gosto de como ele sempre quer testar novos olhares e materiais e gosto de como ele trabalha a luz. Além de tudo, é bastante tranquilo de propor as ideias e de trabalhar junto. Eu amei demais, fotografaria sempre com ele <3.” — Letícia Bernardo é designer gráfica.

“Quem me conhece sabe que eu não gosto de ser fotografada. Achei relevante começar com essa informação (risos). Sempre preferi estar atrás da câmera, fotografando (apesar de ser só um hobby). Estar na frente da câmera e ser fotografada significa se deixar ‘capturar’. E foram poucas as pessoas que conseguiram essa proeza comigo (risos). O Diego conseguiu. E não chegou nem perto da ‘tortura’ que eu pensei que ia ser. Pelo contrário, me diverti. O clima foi leve e descontraído, sem muita pose. Não sei exatamente como, mas ele tem um jeito de te deixar muito a vontade. E vejo que isso transparece no resultado de todos os ensaios que ele faz. Foi uma experiência surpreendente. E espero que tenha um bis!” — Mariza Alencar é arquiteta.

“Eu por acaso encontrei o Instagram do Diego, e fiquei muito fã das fotos, por parecer passar uma individualidade, um olhar diferente em cada foto, por serem muito pessoais e únicas, já que na maioria eram retratado rostos e com eles alguns sentimentos. Quando foi minha vez, cheguei lá sem saber muito como seria ou o que fazer, e de um bate papo descontraído sobre tudo, foram saindo as fotos, em um ambiente bem casa, com uma conversa bem massa, eu fui ficando a vontade e as fotos do jeito que eu mencionei antes, bem individuais, cheia de particularidades minhas, nesse caso. O resultado foi lindo. Um trabalho bem real e natural feito por esse fotógrafo incrível. Obrigada pela experiência e pela troca.” — Lara Castelo Branco é arquiteta.

Advertisements